sábado, 6 de novembro de 2010

GOC- FALANDO SOBRE JESUS SALVADOR

REFLEXÃO PARA O EVANGELIZADOR: Renovados pelo amor semeado em nós e cientes do pecado que nos ronda, devemos estar cientes de algo maior: Jesus morreu na cruz para nos salvar! Jesus é o Salvador. Não há outro além Dele, nem outro que se aproximou do que Ele fez pela humanidade. Jesus deu a vida pelo erro de todos nós, para que pudéssemos viver livres das amarras do pecado. Eis a boa nova: Jesus foi enviado por Deus para nos salvar!
Jesus é o filho de Deus. Fruto sublime da mais pura sabedoria e santidade, Jesus é homem, mas também é Deus. Viveu a condição humana, menos o pecado, e a condição divina até o fim. Jesus foi e é um exemplo de ser humano e além de tudo é um exemplo de caridade, amor, sabedoria, santidade, fraternidade, paciência e todas as qualidades que a gramática nos permite dizer.
Jesus carregava consigo a missão que o Pai havia lhe dado: libertar o mundo. Jesus viveu como todos nós, mas Ele conseguiu sempre ir além. Soube viver a humanidade da forma mais divina e a divindade da forma mais humana. Ele soube ir além dos limites. Jesus foi além!
Seguindo a risca a missão que o Pai havia lhe entregado, viveu a dor e o sacrifício até o limite humano, até mais que um ser humano agüentaria. Foi um servo perfeito, não abandonou a obra! O mais importante é saber que Ele fez isso tudo por amor a você. Jesus salvou o mundo porque é um grande herói. Quando Jesus morreu na cruz, Ele deu mais que um voto de confiança para aqueles que ficaram, fez uma aliança eterna com aqueles que decidiram acreditar n’Ele. Nós, que somos fruto do sacrifício de Cristo, da sua luta, devemos fazer jus à esse sacrifício. Cristo deu a vida por nós e devemos também dar a vida por Cristo, se necessário for.

ORAÇÃO INICIAL: Receber as crianças com muito carinho. Abraçar e dizer a elas o quanto elas são especiais para Deus. Rezar a Coroinha do Menino Jesus, contemplando os doze anos da infância de Jesus e cantar uma música bem animada.

EFUSÃO DO ESPÍRITO SANTO: Peça que o Espírito Santo venha te transformar. O Espírito Santo é a terceira pessoa da Santíssima Trindade e é um presente que ganhamos no nosso batismo. O Espírito de Deus tem o poder de nos transformar fazendo de nós bons e amáveis. Incentive as crianças a pedirem pelo Espírito Santo.

PREGAÇÃO: Para a pregação vamos precisar de alguns bonecos de heróis (Homem-Aranha, Batman, Super-Homem, etc...), vamos precisar também de um boneco de criança e de uma imagem de Jesus. Conheça um pouco sobre a história dos heróis que você escolher para não se atrapalhar quando estiver com as crianças.

Hoje quero contar uma história para vocês, é a história do Juquinha. O Juquinha era uma criança alegre, brincalhona, cheia de amiguinhos e amava todo mundo. Era obediente, educado, adorava ir à missa e brincar no parque. Certo dia, Juquinha percebeu que algo estava errado no mundo porque as crianças começaram a mentir, a brigar, a falar palavrão, a desobedecer... Ai credo, que horror! Juquinha percebeu que as crianças, e os adultos também, começaram a fazer um monte de coisas erradas. Ele percebeu que as pessoas estavam mergulhadas no pecado.
Como Juquinha era um menino muito bom, ele resolveu ajudar e saiu à procura de um Super Herói que pudesse ajudar. Ele queria um Super Herói indestrutível, que estivesse sempre pronto para ajudar e amar a todos e que fosso muito, muito, mas muito especial. No meio da sua busca, Juquinha se lembrou de um Super Herói que ele adorava, era o Homem Aranha.(Mostrar o boneco do homem-aranha.) O Homem Aranha solta teia como uma aranha de verdade, escala paredes, pula de prédio em prédio... esse era o herói perfeito. Juquinha saiu correndo à procura do Homem Aranha, mas Juquinha se lembrou que uma vez, o Duende Verde, o inimigo do Homem Aranha, quase matou ele. Juquinha se lembrou que o Homem Aranha poderia morrer se fosse atacado por um inimigo e desistiu. O Homem Aranha não era forte o suficiente.
Juquinha começou a pensar em outro herói para ajudá-lo. Pensou, pensou e se lembrou do Batman. Esse sim era bom! Voava, tinha um cinto com um monte de coisas legais, tinha um super carro, lutava contra o crime... mas era humano, poderia envelhecer, se cansar, ou até mesmo morrer. Esse também não servia.
O bom menino, ainda com muito vontade de ajudar as pessoas e de encontrar um Super Herói, começou a vasculhar a sua mente, e se lembrou do Super Homem. Esse ia servir. Ele era alto, valente, corajoso, voava, tinha visão raio X, soltava laser pelos olhos, nada o destruiria, exceto a Criptonita... que decepção. A criptonita, uma pedrinha verde e super radioativa poderia destruir o Super Homem. O Juquinha se entristeceu, esse também não servia. Ele logo começou a pensar, que não iria conseguir ajudar. Será que não existia alguém que poderia livrar o mundo do pecado?
Juquinha sentou no chão, e começou a chorar. Ele se sentia tão sozinho. Mas aconteceu que no coração do Juquinha, uma luz se acendeu. Ele se lembrou, que certa vez ele estava no grupinho de oração, e lá ele ouviu falar de um tal Jesus, que morreu na cruz para salvar a todos. Juquinha logo pensou que esse tal Jesus podia ser um herói. Ele não voava, não tinha visão laser, não fazia parte da Liga da Justiça... Mas, Ele era Deus, Filho de Deus Pai. Era a segunda pessoa da Santíssima Trindade e tinha vindo ao mundo com a missão de salvar a todos. Era um ser humano, fazia tudo o que um ser humano fazia como comer, andar, falar, tomar banho, até chorar ele chorava. Ele só não experimentou o pecado. Viveu parte da sua vida ensinando as pessoas sobre o que é certo e o que é errado, ensinou sobre as coisas de Deus. Ele era o caminho, o único caminho para chegar ao céu. Foi condenado à crucificação, apanhou, sofreu muitas dores, foi crucificado e morreu. Ele só aceitou isso tudo, porque amava a todos, mesmo os que Ele não conhecia e aqueles que não gostavam Dele. Jesus morreu, mas após três dias Ele ressuscitou e subiu para o Céu e está sentado á direita de Deus Pai. Até hoje, mesmo tendo sofrido tudo, Ele ainda nos ama e quer nos salvar. Jesus é o nosso Super Herói, Ele é nosso Salvador.
Após pensar nisso tudo, Juquinha percebeu que Jesus é o mais que demais, é o Herói dos Heróis, nada pode destruí-lo, nem a morte. Jesus foi a única pessoa que conseguiu vencer a morte. Juquinha se ajoelhou e conversou com Jesus. Contou a Ele tudo o que estava acontecendo e pediu que Ele o ajudasse. Jesus, com toda a sua misericórdia e bondade, disse para Juquinha:”__ Meu amiguinho, Eu estou contigo e nunca te abandonarei. Ensine as pessoas que o pecado não é bom e fale de mim para elas. Ensine às crianças que eu quero ser o Super Herói da vida delas.”
Hoje, Jesus quer ser o herói da sua vida. Você o quer como seu Super Herói? Fecha seus olhinhos, e converse com Jesus. Conte à Ele como está a sua vida, a sua casa, a sua escola... Diga a Ele que você o quer como o Herói da sua vida, que Ele é o seu Rei, o seu único Senhor...

Conduza um breve momento de oração com as crianças e as incentive a ouvir Jesus e depois partilhe o que ouviram e sentiram.

ATIVIDADES SUGERIDAS:
• Vamos colorir?Colorir Jesus e enfeitá-lo com cola brilho.

 Vamos cantar? Segue a letra de uma música para cantar e dançar com as crianças e proclamar que temos um herói, e ele é Jesus.

Super Herói – Cantinho da Criança

Eu tenho um Super Herói (3x)

E o nome dele é Jesus

Ele é forte, poderoso

É amigo e protetor

Não tem arma, não faz guerra

Só Ele é vencedor

• Use a sua imaginação e desenhe bem bonito um momento em que Jesus te salvou.

ORAÇÃO FINAL: Agradecer a Jesus por ser nosso amigo e nosso herói. Rezar um Pai Nosso e uma Ave-Maria com gestos.


Um comentário: